Prefeitura e Instituto Federal Farroupilha assinam protocolo de intenções nesta quinta

0
106

Reitoria do Ifet também entregará proposta para firmar parceria com o Posto Médico Militar

O vereador Gilberto Corazza, em entrevista ao radialista Paulo Renato Ziembowicz, no programa Rádio Visão, da Rádio Santo Ângelo, falou hoje sobre a assinatura do protocolo de intenções entre a Prefeitura de Santo Ângelo e o Instituto Federal Farroupilha (Ifet), que acontecerá nesta quinta-feira (22), no Centro de Cultura.

Corazza, que também integra a comissão para instalação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santo Ângelo, confirmou a vinda do reitor do Ifet Santa Maria, Carlos Alberto Pinto da Rosa, ao evento.

O vereador explica que o protocolo de intenções prevê como contrapartida do município o cercamento da área, obras de terraplanagem e a pavimentação do acesso ao instituto, assim como serviço de vigilância, recolhimento do lixo, jardinagem e a colocação de placas indicativas do Ifet.

Também revelou que a reitoria vai entregar ao prefeito Eduardo Loureiro e ao Coronel Braga, comandante do 1º B Com, um manifesto formal de interesse em firmar parceria com o posto médico do antigo Hospital Militar. A ideia é utilizar as instalações para realização de estágios e aulas práticas com os alunos dos cursos de Saúde do Ifet de Santo Ângelo.

EXTENSÃO DA UFFS

O vereador disse ainda que a comissão esteve essa semana em Cerro Largo conversando com o diretor da Universidade Federal da Fronteira Sul, Edemar Rotta, ratificando a intenção de expansão da UFFS com o curso de Ciência da Saúde em Santo Ângelo. Na ocasião foi solicitado, ainda, que o diretor leve essa ideia a reitoria para que a UFFS também possa utilizar a estrutura do antigo Hospital Militar.

GRUPO DO CONTRA

Durante a entrevista o vereador Gilberto Corazza lembrou as diferentes etapas e todo o trabalho de articulação para a instalação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia em Santo Ângelo. Corazza lamentou que há na cidade o "grupo do contra", que de forma sectária e míope, tenta desqualificar as grandes conquistas do município, junto aos governos Lula, Dilma e Tarso.

“Felizmente a nossa comunidade está sabendo filtrar essas informações distorcidas por esse segmento político da cidade, que tem interesse em polemizar e tentar confundir a opinião pública”, completou.