Presidentes de clubes sociais de Santo Ângelo afirmam que suas sedes estão adequadas

0
86

Gaúcho, 28 e Comercial revelam as medidas de segurança nas instalações

 A questão da segurança nos clubes é outro tema levantado pela comunidade após a tragédia em boate de Santa Maria, ocorrida no domingo passado (27). Em Santo Ângelo três grandes clubes sociais despontam: Gaúcho, 28 e Comercial. Diante do número de pessoas, que frequentam essas entidades, as medidas de prevenção de combate a incêndio desses clubes estão em debate nos últimos dias.

CLUBE GAÚCHO
O presidente do Clube Gaúcho, Luis Carlos Cavalheiro, explica que a sede social possui quatro saídas de emergência: duas na parte da frente do prédio e duas nas laterais. “Com capacidade para 600 pessoas sentadas e mil em pé, nosso clube tem feito anualmente treinamento de combate a incêndio com os funcionários. Além disso, os extintores seguem os padrões exigidos pelo Corpo de Bombeiros e o clube proibiu o uso de qualquer artefato pirotécnico dentro do prédio”, frisa. Cavalheiro lembra que nos últimos anos o Clube Gaúcho tem intensificado o trabalho de prevenção.

CLUBE 28
Getúlio Ribeiro, presidente do Clube 28, conta que em 2011 a sede social do clube, localizada na Rua 3 de Outubro, estava interditada e havia algumas adequações para retornar o funcionamento. “Após assinar um termo de ajuste, o clube investiu cerca de R$ 25 mil para a colocação de piso antiderrapante, pintura com tinta anti-inflamável, porta antipânico com saída de emergência na lateral do prédio, alarme de incêndio, novos extintores, entre outras adequações”, conta.

CLUBE COMERCIAL
O presidente do Clube Comercial, Alcides Melchior, por sua vez, destaca que o prédio com cerca de 800 metros quadrados, com capacidade para 550 pessoas, sempre observou a questão das medidas de segurança. Melchior revela que são quatro saídas de emergência na sede social, sendo duas nas laterais. “O forro do prédio possui isolamento acústico a uma altura entre sete a oito metros. O ambiente possui sinalização nas saídas de emergência e em pontos estratégicos estão colocados extintores contra incêndio”, completa.