Procergs anuncia que Santo Ângelo terá banda larga de maior velocidade até o final do ano

0
93

Novidade foi anunciada durante oficina do 4º Fórum Social Missões

O diretor-presidente da Companhia de Processamento de Dados do Rio Grande do Sul, Carlson Aquistapasse, anunciou durante oficina do Fórum Social Missões que Santo Ângelo deve ter banda larga de maior velocidade até o final de 2012. A tecnologia será disponibilizada através do programa Infovia RS, que pretende melhorar a qualidade do serviço prestado e reduzir os custos do Estado em telecomunicações.

Aquistapasse ministrou a oficina acompanhado do vice-presidente da Procergs, Claudio Crossetti Dutra, do assessor técnico Ricardo Fritsch. O encontro foi mediado pelo deputado federal Elvino Bohn Gass.

Conforme o presidente da Procergs, o Infovia consiste em construir infraestrutura física para levar internet de melhor qualidade ao interior do Estado. Para tanto, são utilizados os cabos de fibra óptica, utilizados pelas operadoras de energia elétrica, Procergs e Telebras, para trazer banda larga. “Queremos disponibilizar esse serviço para trafegar informações com maior velocidade”, afirma Aquistapasse.

SERVIÇOS DO ESTADO

Conforme o presidente da Procergs, a ideia é atender melhor os serviços do Estado. “Somente em Santo Ângelo são mais de 80 pontos para serem atendidos. São delegacias de polícia, escolas, brigada militar, hospitais. Vamos atendê-los com velocidades muito superiores às que tem hoje, com cerca de 10mb de velocidade contra 512 ou 256kb que são disponibilizados hoje. É muito superior. Depois temos que atender as políticas de governo, como desenvolvimento econômico, polos tecnológicos, inclusão digital. Por exemplo, oferecer cobertura wifi (sem fio) em lugar público em áreas deprimidas, nós vamos possibilitar isso”, garantiu.

Ao falar do consumidor comum, Carlson Aquistapasse afirmou que a Telebras oferecerá internet mais barata a provedores de acesso e grandes consumidores, como prefeituras e indústrias. “Eles vão aproveitar a nossa estrutura para isso. Com certeza teremos mais qualidade e melhores condições do que temos com as operadoras de telecomunicações”, afirmou.

A previsão é de que o serviço chegue até o final do ano a Santo Ângelo, através da subestação Santo Ângelo da Eletrosul.