Programa Inova RS vai conceder bolsas para profissionais com experiência em gestão de projetos de inovação

0
103
Para a execução contará com a contratação de três bolsistas remunerados que estarão situados nas cidades de Ijuí, Santo Ângelo e Santa Rosa. Foto: Divulgação

Na região Noroeste e Missões o Programa será desenvolvido pela Unijuí, com a coordenação do professor doutor Daniel Knebel Baggio e apoio técnico da Agência de Inovação e Tecnologia e Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica, a Criatec, vinculados à Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão.

Para a sua execução contará com a contratação de três bolsistas remunerados que estarão situados nas cidades de Ijuí, Santo Ângelo e Santa Rosa.

Cada bolsista será responsável por uma microrregião, apontando as oportunidades de negócio, buscando fortalecer as relações institucionais, promoção de eventos de atualização e capacitação dos atores, desenvolvimento de projetos de inovação e a futura publicização dos resultados.

O prazo encerra no dia 17 de julho e as inscrições serão realizadas através do preenchimento do Formulário de Inscrição e envio de documentos pelo e-mail: [email protected]. A previsão de início do trabalho é para a segunda quinzena do mês de agosto. Confira o edital completo na página da AGIT.

O Projeto terá abrangência em 77 municípios, contemplando os COREDES Celeiro, Fronteira Noroeste, Missões e Noroeste Colonial, formando assim a região denominada no Programa Inova RS de Noroeste e Missões.

O que é o Inova RS 

É um programa que visa incluir o Rio Grande do Sul no mapa global da inovação a partir da construção de parcerias estratégicas entre a sociedade civil organizada, setores empresarial, acadêmico e governamental – em oito regiões representativas do Estado: Metropolitana e Litoral Norte; Sul; Fronteira Oeste e Campanha; Central; Noroeste e Missões; Produção e Norte; Serra e Hortênsias; Região dos Vales.

O INOVA RS propõe a construção de uma agenda comum entre os atores dos ecossistemas de inovação dessas regiões. Esta agenda articula projetos voltados ao desenvolvimento econômico e social das regiões. Para isto, são utilizados os ativos existentes no Estado.

O RS é o 5º estado brasileiro mais inovador e o 4º colocado em competitividade global em setores tecnológicos, conforme o Índice FIEC de Inovação dos Estados – 2018.

O programa estimulará o investimento em inovação tecnológica para potencializar o crescimento do Estado e para torná-lo um lugar capaz de gerar, reter e atrair empreendedores, negócios e investimentos intensivos em conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here