Projeto Casa Própria da Fundimisa realiza o sonho de muitos funcionários

0
140

Projeto foi viabilizado em uma parceria do poder público com a empresa

 Os funcionários da Fundimisa que participam da projeto Casa Própria, comemoram, nesse final de ano, o sonho realizado com o auxílio da empresa na construção dos seus lares.

O projeto surgiu a partir questionamento que o diretor Paulo Ely fez aos funcionários, sobre quais eram os seus sonhos. A casa própria foi um dos mais citados.

Então, a Fundimisa começou um planejamento para dar todo o suporte necessário na realização desse sonho. Adquiriu uma área próxima e a vendeu para a Associação de Funcionários, que, por sua vez, revendeu os lotes com preços acessíveis aos funcionários interessados.

No final de 2010 foram iniciadas as obras. Hoje, são mais de 40 casas construídas e estão em andamento cerca de 40 outras construções.
O projeto também teve a parceria público-privado. A Prefeitura de Santo Ângelo viabilizou a infraestrutura, a Corsan a questão da água e saneamento, a RGE a energia e a Caixa Econômica Federal a viabilidade econômica. “É a primeira iniciativa público-privada de Santo Ângelo e com pleno sucesso”, observa o secretário municipal de Indústria e Comércio, João Baptista Santos da Silva.

AGRADECIMENTOS

Os funcionários agradecem a Fundimisa pela oportunidade de realizar seus sonhos, como a encarregada de serviços gerais, Marinês Tatiana de Oliveira, que mora junto com o seu marido, André. “Estamos felizes pela oportunidade que a empresa ofereceu para os seus funcionários. Foi um sonho realizado”.

“Agradecemos a Fundimisa pela iniciativa, em especial ao diretor Paulo Ely, pois a nossa gratidão e respeito não têm limites. Sua dedicação foi muito importante para a realização do nosso sonho”, agradece Ezequiel Pereira da Silva, expedidor.

O casal André Petennon e Karim Carlise e Diego Rafael Jacuboski e esposa, também construiram o seu lar a partir do Projeto e agradecem a Fundimisa pelo sonho conquistado.

A gerente de RH da Fundimisa, Sandra Matiazzi Grasel, observa que a gratidão dos funcionários e a felicidade gerada, motivaram a empresa a comprar um novo terreno, com o dobro do tamanho. “Num futuro próximo disponibilizaremos mais terrenos aos funcionários. A iniciativa agrega valor à comunidade e em consequência a nossa empresa também cresce. Com crescimento, sempre é possível novos investimentos e a concretização dos sonhos”, enfatiza.