R$ 250 mil para reformas no GTF Cel Aparício Borges

0
121

De acordo com o vereador Vando, expectativa é que até o final deste ano dinheiro esteja à disposição

Na manhã da terça-feira (7), o vereador Osvaldir Ribeiro de Souza – Vando (PMDB) esteve reunido com César Farias, Patrão do GTF Cel Aparício Borges e com César Moura, vice patrão da entidade. O Presidente em Exercício, Vereador Lauri Juliani (PDT), assim como os vereadores Vinícius Makvitz (PMDB) e Nader Awad (PDT) também participaram da reunião.

Na ocasião, os presentes discorreram sobre o projeto de reforma da sede da instituição, situada no Parque de Exposições Siegfried Ritter. Conforme reiterou Vando, R$ 250 mil, do Ministério do Turismo, foram anunciados para a execução de reparos na sede do Grupo Tradicionalista. A verba provém de articulação junto ao gabinete do Deputado Federal Darcísio Perondi, que indicou o município para que fosse contemplado com o investimento. “Essa é mais uma grande conquista para o município e para a cultura gaúcha”, frisou Vando.

Segundo o Patrão da entidade, a atual sede do GTF Cel Aparício Borges já completa 22 anos e, por conta de ter sua base constituída por madeira, sua estrutura precisa de reformas para que não venha a se deteriorar. Atualmente, a instituição conta com cinco invernadas artísticas, que envolvem aproximadamente 120 famílias. Além disso, a entidade desenvolve atividades através do Departamento Campeiro, Cultural e de Esportes. Por meio de seu trabalho representam e divulgam o município em todo o Estado. Dentre as entidades da 3ª Região, são os primeiros colocados na lista de participação de eventos tradicionalistas.

Além disso, conforme reiterou Farias, a entidade promove eventos de caráter social e cultural durante o ano todo. Para o Patrão o investimento representa a possibilidade de ampliar, ainda mais, as atividades desenvolvidas e de cativar mais famílias para o meio tradicionalista.

De acordo com Vando, a entidade tem até o dia 16 deste mês para cadastrar o projeto da emenda no Sistema de Convênios do Governo Federal. A expectativa é que até o final deste ano o dinheiro esteja à disposição e as obras possam ter início.