Realizada quarta captação de órgãos no Hospital Santo Ângelo

0
102

O doador foi um homem de 23 anos que havia sido ferido por arma de fogo

A equipe da Central de Transplantes de Porto Alegre esteve na segunda-feira, 1º de agosto, para captação de órgão de um jovem de 23 anos, que teve morte encefálica em decorrência de ferimento por arma de fogo na cabeça. A vítima tinha sido internada na noite de sábado, dia 30 de julho.

Fez parte da equipe o médico Juliano Martini responsável pela captação dos rins, assim como o médico Pedro Santos responsável pela captação dos pulmões; e a médica Ariane Backs responsável pela captação fígado.
Também participaram da cirurgia o médico do HSA, João Ghelart, e os enfermeiros Paulo Rolim e Gilmara Staudt da Central de Transplantes.

PROCESSO
A enfermeira gestora da UTI Adulta, Geovana Anschau, que também é representante do OPO4 (Organização de Procura de Órgãos), conta que foram feitos três testes: dois clínicos e um de imagem. “O primeiro teste clínico foi feito às 16h30min de domingo e o segundo teste às 22h30min. Depois, às 23h30min, foi feito um eletroencefalograma confirmando a morte encefálica do paciente. Na sequência, enfermeiros entrevistaram familiares da vítima que mostraram desejo de fazer a doação de órgãos do paciente”, explica.

Geovana também salienta que durante o processo a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) informou todas as ações desenvolvidas para a Central de Transplantes de Porto Alegre, dentro do que estabelece o protocolo.