Relógio da IECLB já está em funcionamento novamente

0
87

Queima do motor, na última semana, havia feito com que o relógio parasse de funcionar

Depois de uma semana parado, o relógio da torre da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), a chamada Igreja do Relógio, localizada na Rua dos Andradas, no Centro, voltou a funcionar. Ele havia parado porque o motor elétrico trifásico que contribui para seu funcionamento tinha queimado.

Quando parou, o relógio, que funciona num sistema de pêndulo, registrava 3h40min da última sexta-feira (4). O eletricista Osmar Gilberto Tiefensee concluiu o conserto na manhã de ontem (11). “Acredito que tenha havido um pico de tensão, o que fez queimar uma chave e depois o motor”, diz Osmar. Tanto o som dos sinos – são três, sendo um grande e dois menores, havendo badaladas a cada quarto de hora e nas horas cheias – quanto o relógio localizado no lado externo da torre são usados pela população como referência para saber o horário.

O motor trifásico proporciona o movimento dos pesos que contribuem para a movimentação das engrenagens. Com o motor queimado, os pesos, consequentemente, pararam de se movimentar. Quando os pesos chegam à parte de baixo, o que ocorre quando se completa uma hora, o motor é acionado automaticamente e impulsiona que os pesos subam, o que mantém o sistema em funcionamento.

“Se ficamos sem energia por três horas, o modo automático do motor não fica mais acionado, então preciso vir aqui reativá-lo manualmente”, diz Luís Veisser, 59 anos, serviços-gerais da igreja e que há dois anos trabalha na manutenção do relógio. O relógio foi doado à igreja em 1959, pela Ordem Auxiliadora das Senhoras Evangélicas (Oase).