Roberto Bruinsma é empossado novo prefeito de Eugênio de Castro

0
261

Posse aconteceu na Câmara de Vereadores do município, ontem. Diplomação foi na terça

O político Roberto Bruinsma (PP) foi empossado como novo prefeito de Eugênio de Castro, na manhã de ontem (13). A posse aconteceu na Câmara de Vereadores do município, com a presença de políticos e lideranças locais. Na oportunidade também foi empossado o vice-prefeito Jaime Dionir Zweigle e primeiro suplente de vereador Ronaldo Mendes Teixeira, ambos do mesmo partido. Bruinsma assume no lugar do prefeito eleito em pleito complementar, Horst Daltro Steglich (PSDB).

Bruinsma já havia sido diplomado na terça-feira (12), no Cartório Eleitoral de Santo Ângelo, pelo juiz eleitoral, Carlos Adriano da Silva, e pelo promotor eleitoral Helder Müller Estivalete. Os trabalhos foram conduzidos pela chefe do cartório, Marivani Medeiros. Na oportunidade, o juiz eleitoral destacou que a diplomacia é um ato jurisdicional declaratório da legislatura para o exercício do cargo sobre expressão eleitoral evidenciada nas urnas. Salientou que o mandato dos empossados sejam na defesa do interesse público institucional e da democracia.

Na sequência, teve a diplomação do prefeito, do vice-prefeito e do primeiro suplente de vereador.

Depois da diplomação, o prefeito Roberto Bruinsma declarou que vai decretar expediente interno por quatro dias, objetivando que a sua equipe fique a par da situação do município. “Precisamos desse período para poder conhecer a realidade da administração e, desse modo, projetar ações do nosso governo”, explicou.

Outro anúncio do prefeito foi a formação de uma equipe reduzida de cargos comissionados. A ideia do chefe do Executivo é reduzir gastos com a folha para que haja mais recursos para investimentos em obras e melhorias no município.

ENTENDA O CASO
No pleito de outubro de 2012, Roberto e Jaime foram eleitos com 1.161 votos, ou 50,77% do total, derrotando os candidatos a prefeito e vice da Força para a Mudança, Horst Daltro Steglich e José Fernando de Lima Machado (PMDB), que somaram 1.126 votos, ou 49,23%.

Roberto e Jaime tiveram sua candidatura cassada pela Justiça Eleitoral.

A coligação recorreu ao TRE, que manteve a cassação e determinou a realização de eleições suplementares para 3 de março do ano passado, vencidas por Horst e José Fernando com 53,53% dos votos. Eles derrotaram Sirlei Maria Reginaldo e Rogério Augusto Rocha (PP).

Em março deste ano, em decisão do ministro Henrique Neves da Silva, o TSE reformou a decisão do TRE e anulou a cassação das candidaturas, considerando ilícita e nula.

***

SIMPATIZANTES DO EX-PREFEITO PROTESTARAM
Um grupo de eleitores simpatizantes do ex-prefeito Horst Daltro Steglich fez uma manifestação em frente ao Cartório Eleitoral de Santo Ângelo.

Cartazes com duras críticas à decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foram expostos. Participaram do ato os vereadores Miguel Lemos, Luis Fernando Noronha dos Reis e Altiva Terezinha Teixeira.

BRIGADA MILITAR FEZ A ESCOLTA POLICIAL
A Brigada Militar, por meio do Pelotão de Operações Especiais (POE), acompanhou todo o processo de diplomação do prefeito Roberto Bruinsma, no Cartório Eleitoral de Santo Ângelo.

Ao todo, oito militares participaram dessa ação, comandada pelo tenente Joaquim Monteiro. Depois, a Brigada Militar acompanhou o retorno de Bruinsma para Eugênio de Castro.

De acordo com o tenente Monteiro, os policiais farão reforço na segurança do público do município, com o objetivo de manter a ordem e evitar qualquer transtorno.