Santo Ângelo deverá receber médicos cubanos em janeiro

0
99

Uma comitiva formada por lideranças da Capital das Missões esteve, nesta quinta-feira (19), reunida com a coordenadora estadual do Ministério da Saúde, Carla Correa, para tratar da destinação de profissionais para Santo Ângelo através do Programa “Mais Médicos”.
Representando o Poder Legislativo Municipal esteve o vereador Diomar Formenton (PT). Conforme o edil, durante a audiência foram explanados os motivos pelo qual Santo Ângelo necessita de mais profissionais na área da saúde. Dentre as justificativas elencadas esteve os dados do último edital de contratação, o qual ofertou 11 vagas para médicos e destas, apenas cinco foram preenchidas.
Na ocasião, também foi entregue moção de apoio ao programa. A elaboração do documento aconteceu durante a 7ª Conferência Municipal de Saúde. De acordo com Diomar, o documento, além de manifestar o desejo do município em receber os profissionais, reitera o compromisso em oferecer plenas condições de trabalho.

CONFIRMAÇÃO DE MÉDICOS CUBANOS
Por fim, a coordenadora Carla Correia acenou positivamente para as solicitações, confirmando, então, o encaminhamento de médicos cubanos, até o próximo mês, para atuar junto ao Município de Santo Ângelo.

LEGISLAÇÃO
Com a confirmação por parte da Coordenadoria Estadual do Ministério da Saúde, cabe ao município elaborar uma lei que regulamente a contrapartida por parte da Prefeitura de Santo Ângelo. Conforme explicou o vereador Diomar, vereadores e integrantes da Secretaria Municipal de Saúde irão elaborar, em regime de urgência, projeto baseado na Lei Federal que concede auxílio pecuniário para moradia e alimentação aos médicos participantes do Programa Mais Médicos. Os valores previstos são de R$ 1.200,00 para auxílio-moradia e R$ 371 de auxílio-refeição.