Santo Ângelo elegeu as prioridades do Processo de Participação Popular e Cidadã

0
94

Audiencia pública foi realizada no Teatro Antonio Sepp

Em audiência pública realizada na tarde de ontem, no Teatro Antonio Sepp, foram eleitas, por 529 participantes, as prioridades de Santo Ângelo no Processo de Participação Popular e Cidadã para o orçamento do estado do próximo ano.

As principais áreas definidas por consenso foram (ver detalhes no quadro ao lado): Educação Básica, profissional e técnica; segurança pública; saúde; desenvolvimento econômico; prevenção e enfrentamento da violência contra as mulheres e desenvolvimento rural.

Foras definidos também as cinco prioridades estratégicas para a região, sendo elas: Construção de Centro Integrado de Segurança Pública; Programa Regional de Cisternas; APLs; RS Tecnópole – apoio aos parques Pólos Tecnológicos; e Irrigação- Agricultura Familiar.

Na oportunidade foram eleitos os delegados (ver box) que representarão Santo Ângelo no Fórum Regional, que será realizado às 14h do dia 12 de junho, no prédio 13 da URI, o próximo passo do Processo de Participação Popular e Cidadã.

REPASSE

João Fioravanti, coordenador do Processo nas Missões, informou também que foram liberados recentemente R$ 600 mil para o bloco cirúrgico do Hospital Santo Ângelo, referentes à Consulta Popular de 2009/2010, que já está em fase de licitação pela Prefeitura. “Há poucos dias foram liberados R$ 300 mil para a segurança pública. O Governo está resgatando as conquistas das consultas anteriores”, destaca.

PRIORIDADES

1. Educação básica, profissional e técnica: ampliação, conservação e qualificação dos espaços físicos, do mobiliário e dos equipamentos.
2. Segurança pública: prevenção e repressão à criminalidade.
3. Saúde: ampliação do Hospital Santo Ângelo. Fortalecimento dos hospitais e fortalecimento da atenção básica.
4. Desenvolvimento econômico: RS Tecnópole – apoio aos parques e polos tecnológicos. Geração de Renda.
5. Prevenção e enfrentamento da violência contra as mulheres: Centro de Referência Regional (mulher vítima de violência).
6. Desenvolvimento Rural: apoio à cadeia do leite e agroindústria familiar.

DELEGADOS DE SANTO ÂNGELO

Joseane Teloeken 

Jerônimo Riechel

Fabio da Silva Saragozo

Ataídes Reis Brum

Elaine Maria da Silva

Marcos André dos Santos Bueno

Gilberto Pacheco

Luciano Teixeira

Marcos Mattos

Itamar Ferreira Welter

Raquel Eickhoff Souto

Maria Gorete Calheiros

Ludimila Nunes Durão

Luis Vanderlei Santos da Luz

Geneci de Fátima Oliveira da Luz

Diomar Lino Formenton

Simone Vargas Lunkes

Fátima Dalla Costa Moor