Secretaria Estadual de Saúde liberará recursos para construir 58 novos leitos do SUS no HSA

0
108

Destinação da verba para o Hospital Santo Ângelo será publicada em portaria ainda este mês

O Hospital Santo Ângelo deverá aumentar nos próximos meses em mais de 30% o número de leitos para atendimento de pacientes do Sistema Único de Saúde. Serão construídos 58 novos leitos, num investimento aproximado de R$ 2,3 milhões, em área localizada na esquina das ruas Quinze de Novembro e Bento Gonçalves.

A destinação da verba será publicada em portaria da Secretaria Estadual de Saúde, ainda em setembro, conforme anunciou o secretário Ciro Simoni em reunião na quinta-feira (12), em seu gabinete, ao ex-prefeito de Santo Ângelo, Eduardo Loureiro, ao coordenador regional de Saúde, Lói Roque Biacchi, e demais lideranças da região. A expectativa é de que o recurso já esteja disponível no mês de outubro, para que na sequência seja feito o processo licitatório, contratação da empresa e início das obras.

O projeto de ampliação da capacidade do HSA foi encaminhado no final de 2012. O provedor, Bruno Hesse, na gestão anterior atuava como vice-provedor, destaca que a direção da casa de saúde já percebia um aumento no número de atendimentos pelo SUS, o que demandava uma maior capacidade para evitar a superlotação. Desde então, diversos encontros com integrantes da Secretaria Estadual de Saúde foram mantidos, visando mostrar a importância da aprovação do projeto.

Com os novos leitos, a capacidade do Hospital Santo Ângelo ampliará de 176 (dos quais 158 exclusivos do SUS) para 234, em um aumento superior a 30%. “É como se tivéssemos um hospital novo se instalando na cidade”, destacou Eduardo Loureiro. Outros projetos também estão tramitando na Secretaria de Saúde para beneficiar o HSA, como o da compra de um tomógrafo, no valor de R$ 900 mil. “Isso representa a filosofia da direção atual do Hospital Santo Ângelo, que é de agregar novos serviços em vez de terceirizar”, complementa Loureiro.

O provedor Bruno Hesse ressalta que o Hospital Santo Ângelo possui todos os requisitos para receber os recursos, porém acredita que o repasse deverá ocorrer via prefeitura. Assim, a construção dos novos leitos ocorrerá por licitação.

COMO SERÃO OS NOVOS LEITOS

Com investimento de R$ 2,3 milhões, 58 novos leitos seriam construídos em área de 1.300 metros quadrados, em espaço na esquina da Rua Bento Gonçalves com a Rua 15 de Novembro. Serão três pisos, dos quais o térreo primeiramente seria utilizado para estacionamento, como já funciona hoje, e o 2º e o 3º destinados aos leitos. “É uma necessidade. Hoje temos 176 leitos, dos quais 70% são atendimentos para o SUS”, justifica o provedor Bruno Hesse.