Secretário Ciro Simoni inaugura centro cirúrgico do Hospital Santo Ângelo

0
100

Com as mudanças, a casa de saúde amplia número de cirurgias mensais de 350 para 550

O secretário estadual de Saúde, Ciro Simoni, e o provedor do Hospital Santo Ângelo, Bruno Hesse, inauguraram o centro cirúrgico do Hospital Santo Ângelo, na manhã de sábado (15). A solenidade contou com a presença do prefeito Valdir Andres, a vice Nara Damião, o ex-prefeito Eduardo Loureiro, o coordenador regional de Saúde, Lói Roque Biacchi, o conselheiro do Tribunal de Contas, Adroaldo Loureiro, o diretor administrativo do hospital, Fernando Branco, o chefe de Gabinete da Secretaria de Saúde, Fabinho Medeiros, entre outros.

No ato, o provedor do hospital, Bruno Hesse, destacou a ampliação da área do centro cirúrgico de 450 para 750 metros quadrados e outras mudanças que ampliarão o número de cirurgias mensais de 350 para 550. “Essas alterações somadas aos novos serviços implantados que colocam o nosso hospital em condições de competir com as grandes casas de saúde do Estado”, frisou.

Já Ciro Simoni salientou que o Hospital Santo Ângelo é uma referência em atendimento na saúde e um modelo de recuperação que serve de exemplo a outras instituições hospitalares que estão em recuperação. “Queremos dizer à comunidade santo-angelense que o Estado vai apoiar de forma efetiva instituições como o HSA que são modelo de gestão e ajudam o Estado no atendimento da saúde básica pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse.

Visitas às instalações

Depois da inauguração, o provedor Bruno Hesse levou o secretário Ciro Simoni para conhecer a reforma da rede hoteleira do Hospital Santo Ângelo, além de outras melhorias. O provedor também tratou com o secretário sobre o plano de construção de 58 leitos para atender pacientes do SUS, lembrando que hoje 70% dos atendimentos destinam-se a esse segmento. Hesse falou, ainda, sobre o encaminhamento de pré-projeto ao Estado que prevê investimento de R$ 2,3 milhões.

Centro Cirúrgico

Foi investido R$ 1 milhão para a obra do centro cirúrgico. Os recursos são provenientes do Estado, através de emenda parlamentar do deputado Adroaldo Loureiro, e complemento do Hospital Santo Ângelo. A obra aumenta de 5 para 11 leitos destinados a pacientes do pós-cirúrgico. O número de salas cirúrgicas passa de dois para seis, ampliando a capacidade de 350 cirurgias mensais para 550. Dentro do bloco haverá uma sala maior para cirurgias de alta complexidade. Além disso, foram instalados novos vestiários, assim como um sistema elétrico moderno.

O HSA deverá receber em 30 dias um carro de anestesia importado dos Estados Unidos, que controla todos os órgãos vitais do paciente durante um procedimento cirúrgico. As salas também passam a ser dotadas de lâmpadas especiais. Também foram adquiridas oito camas de recuperação, seis novos monitores cardiológicos, duas novas mesas cirúrgicas e seis novos focos cirúrgicos.