Semana Nacional lembra à população importância da doação voluntária de sangue

0
87

Com horário diferenciado, Banco de Sangue busca aumentar estoques A enfermeira gestora do Banco de Sangue do Hospital Santo Ângelo (HSA), Marta Eugenia Perim Motta, vê na Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue – comemorada anualmente na última semana de novembro – uma grande oportunidade de mobilizar a população visando à expansão do estoque disponível. O Dia Nacional é comemorado em 25 de novembro.
 
De 25 a 30 deste mês, em alusão à Semana, o Banco de Sangue atenderá em horário diferenciado – abrirá às 7h, como ocorre tradicionalmente, mas, em vez de fechar às 12h30min, atenderá até as 15h. “Na maior parte dos casos, as pessoas doam quando um familiar ou amigo está precisando de sangue. A Semana Nacional é uma maneira de conscientizarmos a população da importância de ser um doador voluntário, ou seja, de fazer a doação sem que alguém próximo esteja necessariamente passando por dificuldades”, declara a gestora. Ao longo da Semana, os doadores ganharão camisetas e em cada dia haverá lanches diferentes.
 
Marta revela que, durante a Semana Nacional, a expectativa é de que sejam feitas entre 180 e 200 doações. “Esses números são o que o Banco de Sangue atinge em um mês inteiro”, diz. Ela reforça o apelo à população também porque, além de Santo Ângelo, o Banco abastece outros 27 municípios e a Unimed. A demanda é alta, por isso a necessidade de um estoque maior. “Temos um déficit bem grande. Para se ter uma ideia, quanto ao tipo O+, só contamos com duas bolsas hoje (quinta-feira, 21), e este seria na teoria o tipo de sangue que mais deveríamos ter aqui, porque é aquele que a maior parte da população tem”, explica.
 
Na manhã dessa quinta, o mecânico Alessandro Bravo, 43 anos, estava doando sangue pela segunda vez na vida. Ele afirmou que pretende, agora, doar com maior frequência. “Não custa nada pra gente e ajuda quem está precisando”, resumiu. Além de Marta, o Banco de Sangue do Hospital Santo Ângelo tem na equipe 11 técnicos em enfermagem, uma bioquímica, dois médicos responsáveis e duas secretárias. Ele se localiza na Rua Antônio Manoel, 701, Centro, e o telefone é (55) 3313-2000.