Sindicatos se mobilizam para paralisação na quinta-feira no Dia Nacional de Lutas

0
83

 Uma grande mobilização será realizada pelos sindicatos locais na quinta-feira (11), na Praça Leônidas Ribas. A medida faz parte do Dia Nacional de Lutas, promovida pelas principais sindicais do país. Em Santo Ângelo, o movimento está sendo programado pela Intersindical local.

Na tarde desta segunda-feira (8), os presidentes dos sindicatos dos Municipários, Volmari Carneiro, 9º Núcleo do Cpers/RS, Marlene Stochero, dos Comerciários, Plínio Teixeira, e dos Bancários Almiro Copetti estiveram na redação do Jornal das Missões divulgando a mobilização de Santo Ângelo.

Almiro Copetti conclama a todos trabalhadores para participaram do movimento. Segundo ele, a ideia é cobrar, em nível nacional, o fim do Fator Previdenciário; 10% do PIB para a saúde; 10% do PIB para a educação; redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução de salários; valorização das aposentadorias; transporte público de qualidade; reforma agrária; mudanças nos leilões do petróleo; rechaço ao PL 330 sobre a terceirização dos serviços públicos e privados.

Já em nível de Estado, Marlene Stochero explica que estão sendo cobrados do governador Tarso Genro 10% do PIB na educação e o pagamento do piso nacional para os professores. “Essa mobilização busca cobrar das nossas autoridades o cumprimento de compromissos assumidos que até agora não foram realizados”, enfatiza.

Volmari Carneiro, por sua vez, também lembra que pautas locais estarão em evidência como um transporte público de qualidade; transparência nas ações do poder Executivo e Legislativo; a redução de gastos pela Câmara de Vereadores; a reforma no plano de carreira dos Servidores Municipais.

Em nível nacional, pautas como o fim da corrupção no país e a reforma política também estarão em evidência.