Sistema de videomonitoramento será inaugurado em março, durante semana do município

0
99

Santo Ângelo terá um dos sistemas mais modernos do Brasil

Aproximadamente em dois meses Santo Ângelo terá um dos melhores sistemas de videomonitoramento do País funcionando. A informação é do diretor do Departamento de Processamento de Dados (DPD) da prefeitura de Santo Ângelo, José Fioravante Schneider. De acordo com ele, a conclusão da instalação das câmeras se dará nos próximos 30 dias.
“Estamos na finaleira, só falta a colocação das câmeras e a ativação da central. Colocaremos as câmeras por último, para depois ligá-las com o sistema rodando. Isso impede que haja depredações ou roubos dos equipamentos. Eu calculo que em cerca de 30 dias tudo deve estar pronto”, explica.
A previsão é que o sistema de videomonitoramento seja inaugurado na semana em que Santo Ângelo completa 143 anos, lembrado no dia 22 de março. “O primeiro mês de funcionamento vai ser somente para teste e, logo em seguida, vamos fazer a inauguração oficial. Queremos estar com o sistema funcionando oficialmente na semana do município”, comemora.
De acordo com o secretário municipal de Planejamento, Nery Dominguez Franco, a Central de Processamento de Dados ficará na prefeitura, mas o monitoramento das câmeras será feito pela Brigada Militar.

TECNOLOGIA DE PONTA
Santo Ângelo terá um dos sistemas de videomonitoramento mais modernos do País. Serão 24 novas câmeras em pontos estratégicos, tecnicamente pensados para garantir uma melhor cobertura e segurança. “Nosso sistema não é um dos mais modernos do Estado, mas nosso sistema é um dos mais modernos do Brasil. Nossas câmeras suportam 70 °C de calor e têm alcance de mais de 600 metros. Eu consigo ver uma pessoa dentro do carro em detalhes mesmo estando longe. Nenhuma cidade da região tem esse tipo de equipamento. Teremos memória para cinco anos de armazenamento de imagens e isso é uma coisa única. As fitas de cópias para mais de 10 anos de armazenagem também”, declara Schneider.
O secretário de Planejamento destacou que o projeto de videomonitoramento criado para Santo Ângelo serviu até de exemplo até para cidades do estado de São Paulo.

O MONITORAMENTO
“O município vai dar a infraestrutura e suporte, mas o monitoramento das imagens será de total responsabilidade da Brigada Militar”, relata o secretário Nery.
Conforme o Capital Régis Copetti, comandante interino do 7º Regimento de Polícia Montada, a sala de operações que atende hoje as ligações realizadas para o telefone 190 e despacha as viaturas, será usada também para controlar o sistema de videomonitoramento. “Temos hoje dois policiais que trabalham no atendimento do 190, e quando o videomonitoramento estiver operando lá, vamos colocar mais dois policiais do administrativo, totalizando quatro pessoas para vigiar o sistema de vídeo da cidade e também atender as ocorrências do telefone”, explica.
Os policias que vão atuar no monitoramento das câmeras serão previamente capacitados no sentido técnico e também às questões de sigilo de imagem. “Não temos dúvida que essa é uma ferramenta essencial para a prevenção, repressão e também investigação”, finaliza Copetti.

PRAZOS
O prazo inicial para a conclusão total das obras encerrava amanhã, no entanto, a empresa responsável ganhou mais tempo. “Pedimos prorrogação por um ano, então prazo não é o problema, mas não vamos nos estender muito. Os atrasos só ocorreram devido às chuvas que ocasionaram um pequeno atraso e também por causa das podas de árvores para instalação dos postes”, finaliza Schneider.

CUSTOS
O recurso para a viabilização do projeto foi destinado por intermédio de emenda parlamentar do deputado federal, Fernando Marroni, sendo orçado na aplicação total de R$1.137.000,00 – sendo R$1 milhão do Ministério da Justiça, e uma contrapartida de mais R$137 mil do Poder Executivo.

LOCALIZAÇÃO DAS CÂMERAS
Os locais em que as câmeras serão instaladas foram escolhidos por critérios técnicos pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), constituido por representantes da sociedade civil, Poder Executivo e órgãos de segurança, após estudo de incidência por aglomeração de pessoas, número de ocorrências e rotas de acesso ao município.

CONFIRA OS LOCAIS ONDE AS CÂMERAS SERÃO INSTALADAS
– Câmera 1: em frente à Prefeitura de Santo Ângelo
– Câmera 2: esquina da Avenida Getúlio Vargas com a Rua Carlos Gomes
– Câmera 3: trevo de acesso ao Parque de Exposições Siegfried Ritter
– Câmera 4: acesso da Rodovia Onécimo Ribeiro Nardes com a Rua Universidade das Missões
– Câmera 5: entroncamento da Rua Gaspar Martins com a Avenida Getúlio Vargas (em frente ao Iesa)
– Câmera 6: Praça Três Mastires na Avenida Brasil
– Câmera 7: entroncamento da Rua Marquês do Herval com a Rua 25 de Julho
– Câmera 8: esquina da Rua Duque de Caxias com a Rua Marechal Floriano
– Câmera 9: trevo da Avenida Salgado Filho com a Avenida Getúlio Vargas
– Câmera 10: rótula da Avenida Getúlio Vargas com a Rua Sete de Setembro
– Câmera 11: esquina da Rua Marquês do Herval o com a Rua Bento Gonçalves
– Câmera 12: rótula da Avenida Getúlio Vargas com a Avenida Brasil
– Câmera 13: Rua Sete de Setembro (em frente ao acesso da Estação Rodoviária)
– Câmera 14: esquina da Avenida Sagrada Família com a Rua Peru (em frente ao Presídio Municipal)
– Câmera 15: Avenida Venâncio Aires com a Rua Antônio Manoel
– Câmera16: esquina da Avenida Rio Grande do Sul com a Rua Marechal Floriano
– Câmera 17: rótula da Avenida Venâncio Aires com a Rua Tiradentes
– Câmera 18: rótula da Avenida Getúlio Vargas com a Rua Tiradentes
– Câmera 19: Avenida Salgado Filho (em frente à Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Cidadania)
– Câmera 20: trevo de acesso a RS-344 com a Avenida Ipiranga
– Câmera 21: entroncamento da Avenida Brasil com a Rua Dez de Novembro
– Câmera 22: trevo de acesso a RS-344 com a Avenida Brasil
– Câmera 23: esquina da Rua dos Andradas com a Rua Antunes Ribas
– Câmera 24: entroncamento da Avenida Sagrada Família com a Rua General Ernesto Dorneles