Smed abre matrículas para a Escola de Educação Infantil no Bairro Pilau

0
81

Processo de inscrições começa nesta quinta e termina no dia 31 de outubro para crianças até 5 anos

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) de Santo Ângelo abriu edital de Chamamento Público para matrículas na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Professor José Barcaro, localizada no Bairro Pilau. Ao todo, são 270 vagas para berçário, maternal e pré-escola.

As inscrições podem ser feitas a partir desta quinta-feira (18), na Smed, das 7h às 13h, sem fechar ao meio-dia. Na primeira fase, de 18 a 24 de outubro, as matriculas são para alunos residentes no Bairro Pilau e na segunda fase, de 25 a 31 de outubro, para alunos residentes nos bairros vizinhos.

Segundo o secretário de Educação, Délcio Possebom de Freitas, para efetuar a matrícula os pais devem levar os seguintes documentos: xeroz da certidão de nascimento, cartão de vacinação e comprovante de residência.

As vagas disponíveis são para: Berçário I – de zero a 12 meses de idade – 20 vagas; Berçário II – de 12 meses a dois anos de idade – 20 vagas; duas turmas de Maternal I – de 2 e 3 anos – cada uma com 25 vagas; duas turmas de Maternal II – de 3 e 4 anos – cada uma com 25 vagas. Para todas essas vagas as aulas são em turno integral.
Já para a Pré-Escola A (meio turno) são duas turmas para alunos de 4 e 5 anos, cada uma com 25 vagas e para a Pré-Escola B (meio turno), também são duas turmas para alunos de 4 e 5 anos, cada uma com 25 vagas.

Freitas observa que para o preenchimento das vagas será respeitada a ordem de chegada. “Estas matrículas estão sendo realizadas neste período, pois é necessário constar o número de crianças matriculadas até 31 de outubro de 2012, no FNDE, para que sejam disponibilizados os recursos e verbas para o ano de 2013, já que as aulas não têm previsão de data para começar”, enfatiza.

A EMEI do Bairro Pilau foi construída em parceria entre o Governo Federal e a Prefeitura de Santo Ângelo. O valor total da obra é de R$ 1.560.315,08, dos quais R$ 616.714,16 são contrapartida do município. A estrutura de funcionários deve ser composta por 20 professores, 15 monitores, duas cozinheiras e quatro serventes.