Supermercados podem não abrir mais aos domingos

0
113

Lei permite que abram aos domingos, desde que seus colaboradores tenham um descanso no sétimo dia

Supermercados de Santo Ângelo podem não abrir mais aos domingos. A informação é do presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Santo Ângelo, Plínio Teixeira. No entanto, segundo ele, a lei permite aos supermercados que abram aos domingos, desde que seus colaboradores tenham um descanso no sétimo dia.

“Isso significa que os supermercados que desejarem poderão abrir. Porém, alguns empresários do ramo nos procuraram para fazer um acordo e fechar aos domingos. Expliquei a eles que o acordo só é possível se eles tiverem um sindicato próprio que os represente, já que não existe um regional, apenas estadual, o que exigiria que o acordo fosse feito em Porto Alegre. Mas esse sindicato patronal da Capital não tem interesse”, explica.

Plínio diz que aconselhou os supermercadistas que criassem um sindicato próprio, o que foi feito. Com essa atitude, um acordo poderá ser feito entre os sindicatos, mas o presidente do Sindicato dos Empregados afirma que alguns dos supermercadistas já estão fechando aos domingos.

Questionado sobre possíveis demissões com o fechamento aos domingos, Plínio diz que os reflexos serão mínimos nesse sentido, já que há um remanejo de funções dos funcionários contratados para suprir as escalas de fim de semana dentro do próprio supermercado.