Tarso Genro estará hoje em Santo Ângelo na Caravana da Inclusão do RS Mais

0
84

O programa contemplará 3.367 famílias de 25 municípios missioneiros

 Na manhã deste sábado (27), no Teatro Antônio Sepp, em Santo Ângelo, o governador Tarso Genro, acompanhado do chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, estará no município para a Caravana da Inclusão do RS Mais Igual. A atividade tem como objetivo apresentar os novos critérios da transferência de renda do RS Mais Igual e ampliar o acesso dos beneficiários do Bolsa Família aos programas de assistência social. A Prefeitura de Santo Ângelo disponibilizará serviços sociais e atividades culturais. O evento inicia às 9 horas e o ato está previsto para as 10 horas.

O evento integra a Caravana de Interiorização do Governo do Estado, que ocorre entre os dias 24 e 27 de julho, e percorrerá 1,4 mil quilômetros divulgando, fiscalizando e apresentando obras e projetos do Governo.

Além da Caravana da Inclusão, Tarso Genro deverá anunciar R$ 11milhões em investimentos na área de infraestrutura para o Distrito Industrial de Santo Ângelo

CARAVANA DA INCLUSÃO
Sob o comando da Casa Civil, a Caravana da Inclusão está indo a diversos municípios do Estado para apresentar os novos critérios da transferência de renda do RS Mais Igual.
Recentemente, o programa nacional Brasil Carinhoso e a ampliação do Bolsa Família garantiram que nenhuma família brasileira, desde que identificada e incluída no Cadastro Único, receba menos de R$ 70,00 mensais.

Agora, o Governo do Rio Grande do Sul dá um passo adiante e vai garantir uma renda percapita de R$ 100,00 por mês para todas as famílias gaúchas com crianças de 0 a 6 anos, desde que integrem o Cadastro Único e o Bolsa Família.

Esta nova etapa atenderá 98 mil famílias, o que representa cerca de 360 mil pessoas beneficiadas.

A Caravana da Inclusão do RS Mais Igual contemplará 3.367 famílias dos 25 municípios da Região das Missões.

RS MAIS IGUAL
O RS Mais Igual é um programa transversal de erradicação da pobreza extrema do Governo do Rio Grande do Sul.
Alinhado ao plano Brasil Sem Miséria, do Governo Federal, o RS Mais Igual é dividido em três eixos de atuação: transferência de renda, acesso aos serviços públicos e geração de oportunidades/inclusão produtiva.