Tecnologia da informação e saúde devem ser as primeiras áreas contempladas com cursos no Ifet

0
107

Assinatura da ordem de serviço para o início das obras do campus ocorrerá terça-feira

Na próxima terça-feira (5), em ato marcado para as 11h da manhã, será assinada a ordem de serviço do início das obras de construção do campus missioneiro do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, o Ifet. A unidade ficará às margens da ERS-218, em uma área de 50 hectares doada pela Prefeitura ao Governo Federal na administração passada.

Os detalhes do encontro, que terá a presença da reitora Carla Jardim, foram acertados entre os integrantes da Comissão de Implantação do Ifet Santo Ângelo, em reunião na tarde desta sexta-feira (1º), no auditório da Secretaria Municipal de Educação. Participaram os integrantes da Comissão Gilberto Corazza, João Baptista Santos da Silva, Marli Marchetti, Estevão Moor, além da secretária de Educação Rosa Maria de Souza e a vice-prefeita Nara Damião. Também estiveram presentes representantes das comissões temáticas, para debater os cursos prioritários a serem implantados no campus.

Conforme o vereador Gilberto Corazza, o encontro de terça-feira “será um ato histórico”. Para tanto, ele convoca a comunidade em geral, bem como estudantes, para que participem do ato oficial que dará ordem para o início das obras. Na ocasião, deverão ser assinados o contrato com a construtora, para a construção do campus, e a ordem de licitação, pelo município, para o cercamento da área.

Em caso de chuva, os atos serão no Centro Municipal de Cultura.

CURSOS

Conforme o integrante da Comissão de Implantação, João Baptista Santos da Silva, as lideranças levarão à Reitoria do Instituto Federal Farroupilha, de Santa Maria, do qual o campus Santo Ângelo faz parte, a sugestão de que sejam considerados para implantação prioritária cursos nas áreas de Tecnologia da Informação e Saúde. Eles também pedirão atenção especial para a possibilidade de implantação de cursos em convênio com Ifets já existentes, nas áreas de recursos naturais (agricultura e zootecnia).

O próximo passo será a convocação de uma plenária com a comunidade e a reitoria, para serem definitivamente escolhidos os primeiros cursos.