Três presentes de uma vez só

0
99

Neste domingo, o advogado e professor Gilberto Kerber terá mais três motivos a comemorar

Ele é pai de dois ‘grandões’: Renata e Rodrigo Kerber, filhos do primeiro casamento. Neste domingo (12), o advogado, professor e coordenador do curso de Direito do Iesa, Gilberto Kerber, terá mais três importantes razões para comemorar o Dia dos Pais.

Do casamento com a advogada Ângela Moraes, Gilberto teve trigêmeos: Álvaro, Fernanda e Luiza, hoje com 7 anos. Eles nasceram a partir de fertilização in vitro, procedimento realizado pelo Dr. Pitraco da PUC de Porto Alegre, um dos pioneiros desta técnica no país.

Kerber diz que os trigêmeos são muito sentimentais. “As brigas entre os irmãos são normais, mas quando for para um defender o outro, estão sempre juntos. Quando vou buscá-los na escola, caso um fique para atrás, os outros nem entram no carro até que ele entre junto”, conta.

Mesmo estando sempre unidos um ao outro, os trigêmeos têm personalidades diferentes. Segundo o pai, Álvaro é o mais quieto e mais organizado. Economicamente falando, é o que melhor sabe administrar a mesada que ganha. Fernanda é a filha que mais se preocupa com os irmãos, mas também é muito “elétrica”. Já Luiza, é a mais comunicativa; adora criar coisas como desenhos de roupas. “Os três me fizeram entender melhor sobre o significado de uma família. Um é mais calmo e outro é mais agitado. Essas diferenças é que nos geram uma conclusão. Ser pai de trigêmeos é uma dádiva de Deus”, frisa.

Além da esposa, Gilberto conta com a ajuda dos avôs e da empregada Rosane para cuidar das crianças. “O amor de pai é o mesmo para cada um, sem diferenças. É um mito dizer que o pai tem sempre um filho que mais gosta. Todos são especiais do mesmo jeito”, conclui.