A la pucha: Cavalheiro será substituído por Andreia Bernardi na Saúde

0
364

A troca no comando da Secretaria Municipal de Saúde foi confirmada na manhã desta sexta (31).
Luís Carlos Cavalheiro deixa a Secretaria devido a necessidade de reassumir sua função de servidor estadual por estar em encaminhamento da aposentadoria.
Cavalheiro tem uma atuação destacadíssima no combate a Covid-19. Deixa a Secretaria com todos os projetos estabelecidos para dar suporte ao sistema público para atender a demanda da pandemia. E os resultados comprovam o acerto nas ações. Santo Ângelo, e por consequência, a região, possuem os melhores índices de internação hospitalar dentre as regiões do Estado.
Sem contar que sempre agiu com absoluta transparência, tratando de todos os assuntos de forma absolutamente franca.
E o prefeito Jacques Barbosa anunciou ainda na manhã de ontem a enfermeira Andreia Bernardi (foto acima) como nova secretária municipal.
Andreia tem experiência, já exerceu o cargo na gestão de Eduardo Loureiro à frente da Prefeitura.
Sem contar que a nomeação de Andreia é, também, neste momento um reconhecimento aos profissionais da Enfermagem, que estão na linha de frente do combate a Covid-19.

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Vem aí a nota de R$ 200,00, estampando o lobo guará. Se a de R$ 100,00 já anda difícil de encontrar, imagina a que irá valer o dobro?

SÓ PARA LEMBRAR

As pessoas, principalmente as que são públicas, precisam entender de uma vez que vivemos num mundo onde tudo pode ser filmado. Ainda mais quando esse dispositivo é algo que faz parte da rotina. Câmara e áudio ligados são um perigo. Qualquer palavra ou piada fora de hora é um risco, mesmo que seja descontextualizada. É preciso ficar esperto.

 

PARA REFLETIR

“Se você calar a verdade e enterrá-la, ela ficará por lá. Mas, pode ter certeza que, um dia, ela germinará”. Émile Zola

 

GAUDÊNCIO, O ABOBADO

Os leitores já conhecem meu amigo Gaudêncio e a sua ingenuidade ímpar. Por conta disso, ganhou o apelido de “abobado do rincão”. E ele justifica a fama. Para ter ideia, nesta semana, ele acreditou que o aumento das alíquotas dos servidores municipais para o Fundo de Aposentadoria foi proposta por vontade dos gestores e não pode força de atendimento a uma determinação da Reforma da Previdência.
E acreditou, também que os mesmos que defenderam com unhas e dentes a Reforma da Previdência estejam criticando com razão o aumento das contribuições, como se sempre tivessem agido na defesa dos trabalhadores.
Gaudêncio fica pior a cada dia.

 

A votação do novo Fundeb ocorreu de maneira muito rápida, no sistema sumaríssimo que foi utilizado para aprovar a mudança de data das eleições municipais. E o sistema deve seguir sendo usado, dependendo, logicamente da conveniência e nem preciso o assunto ter alguma ligação com os reflexos da pandemia.

O ministro da Ciência e Tecnologia, astronauta Marcos Pontes, está com Covid-19. Já não dá para dizer que não tem nada de positivo na sua gestão. O resultado do exame está aí para provar

Com a proximidade das convenções, as lideranças partidárias intensificam as definições das candidaturas, especialmente nas chapas proporcionais. Sem coligações, o desafio de montar as chapas com candidatos a vereador tornou-se ainda maior. Para alguns o problemas está no limite, afinal existem mais pré-candidatos do que vagas. Para outros, o problema é justamente o contrário, conseguir gente para formar a chapa. Como diz o ditado: cada um com seus problemas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here