Andres: “A nossa principal preocupação será com a área da saúde”

0
102

O prefeito eleito de Santo Ângelo para a gestão 2013-2016, Valdir Andres, concedou entrevista via e-mail, nesta segunda-feira (9), ao Jornal das Missões, ao repórter Odair Kotowski.
Andres assumirá o Poder Executivo Municipal, 20 anos após o seu último mandato. Na entrevista, ele fala sobre seus projetos para o Município.

JM – Como será a sua preparação para assumir o Governo Municipal em 2013?
Andres – O prefeito Eduardo Loureiro já entrou em contato comigo, primeiro para me parabenizar pela vitória e também se colocando à inteira disposição para fazer uma transição em alto nível e da melhor maneira possível. Pretendo aproveitar o período de transição para tomar conhecimento dos projetos em andamento e a verdadeira realidade da administração. Tenho certeza de que teremos um bom entendimento até o dia da posse.

JM – Que ações deve tomar logo que assumir a Administração Municipal de Santo Ângelo?
Andres – A primeira ação será conhecer a realidade econômico-financeira do município e a partir disso estudar os problemas mais urgentes. Vamos nos reunir com os técnicos da Prefeitura e com membros da nossa coligação para fazer com que a máquina administrativa não fique paralisada e dê a continuidade normal da prestação de serviços à comunidade santo-angelense.

JM – Do seu Plano de Governo, qual o primeiro projeto que colocará em prática?
Andres – A nossa principal preocupação será com a área da saúde, pretendendo mudar a sua sistemática para encontrarmos uma solução para terminar com o problema das filas noturnas nos Postos de Saúde. A segunda medida que vamos tomar será no rigoroso controle de gastos, adequando a receita com a despesa. Vamos também estudar uma reforma administrativa para modernizar e profissionalizar a gestão pública. Os demais projetos do nosso plano de governo serão discutidos depois de indicarmos a nossa equipe que vai dirigir as Secretarias e Departamentos.

JM – Que critérios usará para escolher o seu secretariado? Já há nomes cotados para assumir? Buscará em partidos da oposição nomes para compor o secretariado?
Andres – O nosso Secretariado será integrado por técnicos experientes e por pessoas que tenham conhecimento de administração e das áreas em que vão atuar. Os nomes serão buscados no próprio quadro de carreira da prefeitura, na iniciativa privada e nos quadros dos partidos da nossa coligação e também de outras siglas que desejarem dar a sua contribuição ao nosso governo e a Santo Ângelo. O primeiro escalão do governo só será definido em meados de dezembro.

JM – Que postura terá frente à Câmara para garantir a governabilidade, visto que a oposição será a maioria?
Andres – Teremos profundo respeito com a nossa Câmara de Vereadores e tenho a certeza de que manteremos um alto entendimento, pois tudo o que for de interesse de Santo Ângelo, certamente terá o respaldo dos representantes do povo. Na oportunidade anterior em que fui prefeito, apesar de ter maioria na Câmara, mantive uma relação muito cordial e respeitosa com todos os vereadores de oposição, o que tenho a certeza que ocorrerá novamente, pois sou um homem aberto sempre ao diálogo.

JM – Que ações do atual governo pretende dar continuidade na sua gestão?
Andres – Todos os bons projetos que estão sendo desenvolvidos serão mantidos, com toda a certeza. Cada governo faz sempre algo de bom, que deve ser preservado e ampliado.

JM – Como você pretende buscar recursos para realizar obras em Santo Ângelo?
Andres – Como sempre fiz, vou buscar recursos em todas as áreas de governo, seja federal, estadual e, até mesmo, em organismos internacionais. Pretendo manter um respeitoso e produtivo canal com todos os partidos, seja do governo federal, onde estamos coligados, como também no governo estadual, pois várias lideranças e parlamentares do PT são da nossa região, os quais serão buscados para ajudarem Santo Ângelo, o que me foi reafirmado pelo próprio presidente do PT local, Adelmo Fonseca.

JM – Qual a sua expectativa para os quatro anos de Governo?
Andres – Vamos fazer uma administração séria, efetiva e que possa atender as expectativas da população santo-angelense. Os nossos compromissos do plano de governo serão cumpridos e tenho a absoluta certeza de que vamos fazer uma cidade melhor pra viver nos próximos quatro anos de governo.