Prefeitos da região das Missões apresentam pleitos ao governador Tarso Genro

0
112

 O governador Tarso Genro recebeu, nesta quinta-feira (15), no Palácio Piratini, uma comitiva de prefeitos de 26 cidades que integram a Associação dos Municípios das Missões (AMM). Os gestores entregaram ao chefe do Executivo gaúcho uma carta com reivindicações nas áreas de agricultura, saúde e infraestrutura, e pediram auxílio do Governo do Estado para minimizar os efeitos da estiagem no campo.

Presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), o prefeito de Mato Queimado, Orcelei Dalla Barba, apontou a seca como o principal problema enfrentado na área. "Nossa região foi a mais afetada do Estado", afirmou, destacando perdas de 70% nas lavouras de soja, 50% na produção de leite e até 80% na plantação de milho. "Estes prejuízos permanecerão por anos", destacou.

Para prevenir futuras perdas, Tarso convidou os prefeitos a aderir a dispositivos específicos do Governo do Estado, como o Programa de Poços Artesianos e o Programa Estadual de Irrigação Mais Água, Mais Renda. "As prefeituras e os deputados da região devem se tornar um canal institucional para que as pessoas acessem esses programas que o Governo estadual está desenvolvendo, tanto os emergenciais como aqueles mais estruturais e de maior complexidade", afirmou , lembrando também a importância da habilitação das prefeituras ao Programa Gaúcho de Microcrédito.

Outras solicitações foram a liberação de recursos para abertura de poços artesianos, construção de um hospital regional e antecipação de verbas previstas na Consulta Popular de 2011. De acordo com o secretário do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas, Afonso Motta, estes pedidos serão discutidos em reuniões internas de trabalho e os resultados serão apresentados dentro de 30 dias, em um novo encontro que será realizado na região das Missões.

Os representantes municipais também elogiaram a inclusão de cidades no calendário de acessos asfálticos e abordaram questões relacionadas à educação. O prefeito de São Paulo das Missões, Valmir Thume, declarou apoio ao governador e alertou para a impossibilidade de algumas prefeituras pagarem o piso nacional do magistério. "Nós não teremos condições de bancar este valor", alertou, pedindo auxílio do governador para que seja alterado o índice do reajuste. Além dos prefeitos e deputados estaduais, também participaram do encontro o secretário do Gabinete dos Prefeitos, Afonso Motta, e a secretária-adjunta da Casa Civil, Mari Perusso.