Presidente do Legislativo pretende reduzir valores das diárias

0
125

Vereador Jacques Barbosa também quer rever reajuste de salários

O presidente do Legislativo Municipal, Jacques Barbosa (PDT), está verificando a viabilidade para reduzir o valor de diárias pagas pela Câmara, assim como rever o reajuste que estabeleceu altos salários a servidores públicos do Parlamento. Em conversa com o radialista Luis Roque Kern, no Programa Rádio Visão, de terça-feira (16), Jacques explicou que a medida busca atender ao clamor da sociedade.

Segundo Jacques Barbosa, a ideia é reduzir o valor das diárias dos vereadores para um patamar mais adequado a nossa realidade. O edil revelou que uma diária de Santo Ângelo para Porto Alegre, por exemplo, é R$ 570. “Ao contrário do que dizem nas redes sociais, não queremos suspender, mas adequar os valores das diárias.
Estamos efetuando um amplo estudo no Departamento Jurídico no sentido de encontrar uma forma legal para diminuir os valores destes reajustes. Embora possam ser legais, precisamos lembrar que a gestão pública não é apenas uma questão de legalidade, mas também de impessoalidade e moralidade. Queremos saber de que forma esse valores chegaram a esse ponto”, observa.

DIÁRIAS

O presidente da Câmara de Vereadores, Jacques Barbosa, explica ainda que o regimento interno do Parlamento define que cada vereador pode tirar 12 diárias por ano. Caso o edil extrapole esse número somente poderá tirar nova diária com aprovação do Legislativo.

ALTOS SALÁRIOS

Hoje na cidade está em debate os altos salários pagos pelo Parlamento a alguns servidores públicos como, por exemplo, o de uma servente que recebe cerca de R$ 4.700, uma assessora administrativa com salário de R$ 9 mil e um funcionário que recebe R$ 14 mil. O vereador Jacques Barbosa reconhece que esses valores devem ser reavaliados, atendendo um anseio da comunidade.

TRANSPARÊNCIA

O presidente Jacques Barbosa também destaca o trabalho que vem sendo feito pelo Legislativo no sentido de dar mais transparência nas suas ações perante a sociedade. Lembrou as medidas tomadas pelo ex-presidente da Câmara, André Marques, que implantou um sistema de transmissão em áudio de vídeo das sessões via internet, com objetivo de facilitar o acesso das pessoas a informações do Parlamento municipal.

QUADROS

A Câmara de Vereadores atualmente tem 14 servidores efetivos, seis servidores comissionados, 15 assessores parlamentares e cinco estagiários, mais os 15 parlamentares. Ao todo atuam 55 pessoas na Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.