Acusado de homicídio em Vitória das Missões é condenado a 12 anos de reclusão pela Justiça Estadual

0
111

Tribunal do Júri fez o julgamento do réu Jadir Noni na segunda-feira (17)

Na segunda-feira (17), o Tribunal do Júri condenou o réu Jadir Bonini a 12 anos de reclusão pelo assassinato de Sérgio Antunes da Rosa. A sentença foi dada pelo juiz Fábio Marques Welter. O regime será inicialmente fechado, mas Bonini poderá recorrer em liberdade.

Atuaram no Júri o promotor de Justiça José Garibaldi Machado e os advogados de defesa Ênio Marciano e Mayara Franco Sausen.

O crime aconteceu no dia 18 de agosto de 2010, no Rincão dos Paulus, em Vitória das Missões. A denúncia diz que o acusado dirigiu-se à residência da vítima e desferiu dois disparos de espingarda contra ela, que estava varrendo o pátio. Apesar de socorrido pela Brigada Militar, Sérgio não resistiu aos ferimentos e veio a falecer no dia 22 de agosto. O projétil atingiu seu abdômen. Devido ao ferimento, conforme laudo da necropsia, a vítima teve um quadro agudo de peritonite e não resistiu.

OUTRAS TENTATIVAS

Conforme a acusação, Jadir Bonini havia feito outras duas tentativas de matar Sérgio da Rosa, conforme denúncia feita pelo Ministério Público. A primeira, no dia 27 de novembro de 2009, por volta das 18 horas, no Rincão dos Paulus Bonini, em que teria utilizado uma faca (não apreendida). A segunda ocorreu no dia 24 de abril de 2010, por volta das 16h20min, na mesma localidade.

O acusado teria feito disparo com uma espingarda (não apreendida) contra a vítima. Na ocasião, nenhum projétil atingiu Sérgio.