Brigada Militar reforça a segurança durante o horário especial de Natal

0
99

Operação Papai Noel, que iniciou há dez dias, traz mais tranquilidade à população nas ruas

Desde esta segunda-feira (17), as ruas centrais de Santo Ângelo estão mais movimentadas em razão do início do horário especial de Natal. Até a próxima segunda-feira (24), véspera de Natal, as lojas ficam abertas em horário estendido até às 22h para aqueles clientes que desejam comprar presentes e outros produtos.

Preocupada com a segurança da população, há dez dias a Brigada Militar reforça em 25 homens o efetivo policial, atuando na área central. Segundo o capitão Itamar Ferreira Walter, um dos integrantes da ação, é a Operação Papai Noel que acontece sobretudo nos locais de grandes concentrações de pessoas, áreas comerciais e bancárias, estendendo-se até final do ano.

Uma novidade nesta edição da Operação Papai Noel é a de que os policiais militares vão orientar as pessoas mais distraídas nas ruas, consideradas vítimas potenciais de assaltos, para que tenham mais cuidado com as carteiras e bolsas. “A Operação Papai Noel quer evitar assaltos a pedestres e lojas. Para isso, o 7º RPMon colocou nas ruas policiais a pé, montados e motorizados para garantir a segurança”, explica.

Dicas de segurança

* Mantenha sempre sua atenção na rua, ônibus, em centros comerciais, etc.;

* Tenha especial atenção às pessoas a sua volta. Lembre-se: os assaltantes valem-se, principalmente, do fator surpresa e da desatenção para atacarem suas vítimas;

* Aparente sempre calma, confiança e domínio do que está fazendo e onde quer chegar. Evite demonstrar que está perdido ou procurando algum endereço ou algum local;

* Não peça orientações a estranhos. Procure policiais militares ou funcionários de estabelecimentos comerciais;

* Não ande sozinho, especialmente à noite;

* Evite passar por locais desertos e/ou pouco iluminados;

* Não pare para atender pedidos que lhe despertem desconfiança. Confie em seus instintos;

* Evite locais com aglomerações de pessoas, pois facilitam a ação de “batedores de carteira” e oportunistas;

* Ao pressentir a aproximação de estranhos em atitude suspeita entre no primeiro local habitado que encontrar e peça ajuda;

* Mantenha todos seus objetos pessoais, como carteiras, pochetes, celulares, sacolas e bolsas à frente de seu corpo;

* Desconfie de esbarrões, empurrões ou cotoveladas;

* Desconfie de estranhos com conversa envolvente e que tentem aproximação;