Capturado, suspeito de homicídio em Santa Rosa havia rapado o cabelo e tentou fornecer informações pessoais falsas à polícia

0
87

Homem de 50 anos foi localizado na divisa de Vitória das Missões e Entre-Ijuís

Foi preso na tarde de ontem (25), por volta das 16h, na localidade de Barca dos Zimpel, na divisa de Vitória das Missões e Entre-Ijuís, um homem de 50 anos suspeito de ser o autor do assassinato, a tiros, de Aroldo Vanderlei Rodrigues Boein, de 57 anos, em Santa Rosa. O caso ocorreu no dia 17, quando o autor do homicídio, no final da tarde, entrou no bar de propriedade de Aroldo, na Rua Borges de Medeiros, e efetuou três disparos contra o comerciante. O irmão da vítima entrou em luta corporal contra o autor, que posteriormente fugiu.

Depois de ser atingido, Aroldo foi internado em estado gravíssimo no Hospital Vida & Saúde, da mesma cidade, onde acabou falecendo na manhã do dia 19. A prisão do suspeito foi efetuada em cumprimento a mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal de Santa Rosa.

MUDANÇA NA APARÊNCIA
A operação, liderada pelo comandante do Pelotão de Operações Especiais (POE) do 7º RPMon, tenente Joaquim Monteiro, foi realizada por duas equipes do POE juntamente com a Brigada Militar (BM) de Vitória das Missões, totalizando oito policiais. Monteiro diz que foram quase três horas de buscas em matos daquela região, em locais de difícil acesso. “Chegamos aos locais depois de informações trocadas com o setor de inteligência da BM de Santa Rosa. Fizemos o deslocamento e trabalhamos com as informações até a montagem do cerco e a consequente prisão”, conta o tenente.

Monteiro relata que inicialmente o suspeito negou a autoria, mas depois dos questionamentos da polícia assumiu. “Ele se identificou dizendo outro nome, mentindo a data de nascimento, o nome dos pais… Já tinha planejado isso para o caso de ser localizado, até porque rapou o cabelo, mudou sua aparência, na tentativa de confundir a polícia. Mas verificamos as informações, confrontamos as características físicas com as imagens dele no mandado de prisão e concluímos que se tratava do suspeito”, diz.

O homem de 50 anos ainda é suspeito do assassinato de um traficante em 2003, também em Santa Rosa. Depois da prisão nesta semana, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia de Entre-Ijuís e posteriormente ao Presídio Regional de Santo Ângelo. Hoje, foi transferido para o Presídio Estadual de Santa Rosa.