Fiança de R$ 14 mil livra da prisão motorista bêbado que matou mulher em Ajuricaba

0
85

Um condutor de 32 anos se livrou de ser preso e conduzido à Modulada de Ijuí por ter pago a quantia de R$ 14 mil de fiança. Ele estava conduzindo bêbado o seu Gol, conforme atestou exame feito na Polícia Rodoviária Federal de Ijuí.

O delegado plantonista, Fábio Idalgo Perez, enquadrou o condutor do Gol em homicídio culposo de trânsito e embriaguez ao volante.

O homem atropelou e matou Neli Natalina de Oliveira Rodrigues, de 46 anos, por volta das 18h30min de sábado (18), na Rua Combatentes da Ramada, nas imediações do Supermercado da Cotrijuí, em Ajuricaba.

O filho de Neli, de 9 anos, que a acompanhava, conseguiu se jogar para o lado, não sendo atingido pelo Gol. Ele em seguida passou a procurar ajuda para socorrer a mãe.

O impacto do acidente causou em Neli Natalina de Oliveira Rodrigues múltiplas fraturas e traumatismo craniano. Neli acabou falecendo no local. Conforme o delegado Fábio Idalgo Perez, a fiança de R$ 14 mil foi fixada em função dos diversos delitos, uma vez que além de estar embriagado, o condutor não tinha Carteira de Habilitação e o licenciamento do veículo estava vencido.

Como o acusado conseguiu reunir e pagar os R$ 14 mil de fiança, ele foi liberado pelo delegado sem encaminhamento à Penitenciária Modulada.

No depoimento que prestou ao delegado na Delegacia de Ijuí, o condutor disse que conduzia o Gol, quando repentinamente a pedestre foi atravessar a rua, não podendo evitar o acidente.