Filho confirma que matou o pai para proteger sua mãe no Bairro Rogowski

0
218

Vitima recebeu 26 golpes de faca durante desentendimento

Um menor de 16 anos matou a facadas o pai, José Luiz de Abreu da Silveira, de 47 anos, na segunda-feira (21). O crime teria ocorrido por volta das 23h30min na residência da vítima, localizada na Rua Beira-Rio, no Bairro Rogowski.

O autor do homicídio se apresentou na Delegacia de Polícia, junto com a mãe, e foi ouvido pelo plantão. De acordo com a esposa da vítima, José Luiz começou a ingerir bebida alcoólica ao meio-dia. O marido teria começado a ofendê-la verbalmente. Segundo o depoimento, por volta das 20 horas, ele partiu para a agressão dando chute no joelho, em seguida torceu o pulso e tentou esganá-la.

Diante da agressão de Luiz, a mulher chamou a filha, que acabou ligando para o irmão com o intuito de resolver o problema.
Em seu depoimento, o jovem disse que foi até a residência e se deparou com a mãe agredida caída. Ele teria tentado conversar com seu pai.

No entanto, conforme conta, José Luiz avançou sobre o filho com um facão. De posse de um pau, ele teria desferido um golpe na vítima, que caiu. Em seguida, teria dado novo golpe na cabeça de Luiz, e logo após esfaqueou o pai.

INVESTIGAÇÃO
A delegada responsável pelo caso, Elaine Maria da Silva, conta que durante o depoimento a mãe relatou, ainda, que pegou o facão e levou para o quarto, e quando retornou encontrou o marido ferido com um golpe de faca. No entanto, a delegada afirma que a necropsia revelou que a vítima levou facadas no tórax e no rosto.

A delegada Elaine disse que a polícia vai apurar mais detalhes do fato e se houve excesso por parte do menor na execução do pai. “Ele não tinha nenhum antecedente criminal e tinha emprego fixo e acabou sendo liberado. Porém, estamos avaliando a possibilidade de internação do menor no Case”, diz.