Filho que teria causado a morte do pai em acidente é encontrado morto em casa

0
103

O acidente que vitimou o santiaguense Bento Luiz Brombila Nunes, 67 anos, na noite de domingo (16) no km 36, da ERS-168, em Bossoroca, teria sido causado pelo filho dele, Gustavo Jimenez Nunes, 18 anos.

Gustavo voltava de Capão do Cipó e dirigia o Chevette que bateu no carro do pai, um Del Rey. O idoso morreu a caminho do Hospital São Luiz Gonzaga. A irmã dele, Elizabete Brombila Nunes, e um segundo passageiro do veículo, filho de Bento, Alfredo Maczalec, foram internados na instituição de saúde.

Gustavo e o dono do Chevette teriam fugido do local do acidente e só foram saber que havia uma vítima fatal na manhã desta segunda-feira.

Quando soube que a vítima era o próprio pai, Gustavo teria cometido suicídio utilizando um revólver. Ele foi encontrado morto em sua casa na manhã desta segunda-feira (17).

De acordo com a Polícia Civil de Bossoroca, Gustavo e o dono do Chevette não possuíam Carteira de Habilitação. Ainda segundo a polícia, o jovem era filho adotivo de Bento Luiz.

Na tarde de ontem, o delegado de polícia José Renato Moura, responsável pelas investigações, confirmou o ocorrido através da publicação de uma mensagem através do Facebook. “Hoje, os policiais da DP de Bossoroca identificaram o proprietário desse veículo, que foi ouvido e identificou o motorista. O motorista que causou o acidente (e fugiu sem prestar socorro) era filho do outro motorista, que morreu. Mais triste ainda, quando os policiais foram procurá-lo, descobriram que estava morto, em sua casa, com um tiro na cabeça”, informou.