Homem é morto por PM após tentar impedir prisão do irmão em Guarani

0
85

Tenente do 7º RPMon e outras três pessoas foram feridos a facadas após uma confusão

Um homem foi morto com um tiro de arma de fogo disparado pela Brigada Militar, por volta de 0h40min desta sexta-feira (5), durante diligências no Bairro Esperança, na periferia de Guarani das Missões.

Marcos Ferreira dos Santos, 31 anos, foi atingido pelo tiro após tentar impedir a prisão do irmão Alessandro Ferreira Teixeira, 22 anos. Ele foi socorrido e levado ao Hospital de Santo Ângelo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Conforme o comandante do 7º RPMon, Major Jacob Aristeu Pinton, o policial, que é tenente em Santo Ângelo e reforçava o policiamento em Guarani das Missões por conta das eleições, atirou em sua defesa, após ser atacado com golpes de faca por Santos.

O FATO QUE GEROU O CONFRONTO

A ocorrência que terminou com a morte de Marcos Ferreira dos Santos iniciou por volta das 21h30min, próximo ao Parque de Exposições da Polfest, onde acontecia um comício. A BM foi chamada depois que um homem teria sido ferido a golpes de faca na altura do abdômen. Após ser socorrido e levado ao hospital, a BM recebe um chamado informando que um outro homem havia sido ferido pelo mesmo agressor, próximo de onde faqueou o primeiro.

Logo após praticar o segundo fato, o acusado se deslocou para sua residência, onde teria se desentendido com a sua companheira e agredido-a com golpes de faca. Ela também foi conduzida por parentes ao Hospital de Guarani das Missões.

A Brigada Militar conseguiu localizar o acusado por volta da 1h desta sexta-feira, escondido na casa dos pais. Ele resistiu à prisão e cerca de 10 pessoas tentaram impedir o trabalho dos policiais. O grupo disparou tiros e atirou pedras contra as viaturas da corporação.

TENENTE TERIA ATIRADO PARA SE DEFENDER

O Major Pinton informou que durante o confronto com os PMs, o irmão do acusado, Marcos Ferreira dos Santos, agrediu um tenente com uma facada no braço esquerdo. Para se defender ele revidou e disparou um tiro de pistola, atingindo Santos no peito.

Aproveitando a confusão, o acusado fugiu. Ele está sendo procurado pela polícia. A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar os casos.