Jovens acusados de praticar homicídio brutal são presos

0
117

Presos são suspeitos de matar José Rodrigo Barrichello a facadas e depois carbonizá-lo

Foram presos nesta quinta-feira (28), durante ação do Pelotão de Operações Especiais (POE), do 7º Regimento de Polícia Montada (7º RPMon), dois jovens de 19 anos acusados de serem os responsáveis pela morte brutal de José Rodrigo Barrichello, ocorrido em dezembro de 2015.
A primeira prisão ocorreu na manhã de quinta-feira, na Rua Damásio Gomes de Castro, no Bairro Menges, quando a Brigada Militar avistou um dos jovens. Ele tinha passagem por roubo, furto a veículo, lesão corporal e homicídio.
Na parte da tarde, os policiais militares capturaram o segundo acusado no Bairro Rosenthal, que já possuía passagens por roubo e furto em veículo.
Os dois presos são suspeitos de serem autores do 16º homicídio de 2015, que ocorreu em 11 de dezembro. No crime, Corpo de Bombeiros de Santo Ângelo foi acionado para combater um incêndio em um veículo Monza, estacionado na Rua Bagé, no Bairro Dytz. Após a chegada dos Bombeiros, o fogo foi controlado, porém, no interior do veículo Monza, foi localizado o corpo de José Rodrigo Barrichello, carbonizado.
Além de ser queimado dentro do veículo, o exame de necropsia apontou que a vítima ainda teria levado quatro facadas nas costas.