Mais de 300 carros vistoriados e apenas quatro com insufilm legal

0
102

Durante inspeção nesta sexta-feira, quatro viaturas da BM tiveram película retirada

Policiais Militares do 7º Regimento de Polícia Montada (RPMon) promoveram nesta sexta-feira (27), entre 9h e 14h, a verificação da transparência de películas nos automóveis, cumprindo a resolução 254 de 2007 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A ação foi considerada pedagógica, pois apenas orientou os motoristas no quartel do regimento.

Dos 300 veículos vistoriados, somente quatro se enquadram na resolução do Contran que estabelece os requisitos para os vidros de segurança e critérios para aplicação de inscrições, pictogramas e películas nas áreas envidraçadas dos veículos automotores.

Para o para-brisa é permitida a passagem de pelo menos 75% de luminosidade. A transmissão luminosa nos vidros laterais dianteiros deve ser de no mínimo 70% e nos vidros traseiros é permitida até 28% de luminosidade.

O major Hasadias da Silva, comandante do 7º RPMon, diz que a ação foi positiva, já que a maioria dos motoristas tinham dúvida em relação ao índice de transparência das películas nos vidros. “Nosso trabalho foi de orientação, já que ação de policiamento nas ruas da cidade será desenvolvida nos próximos dias visando cumprir a legislação”, disse Hasadias.

A medição da transparência era aferida por um equipamento da Brigada Militar que analisa tanto a película quando o índice de luminosidade do próprio vidro.

Muitos motoristas que tiveram seus automóveis fora do padrão estabelecido em lei arrancaram as películas ainda no quartel da BM. Até mesmo em quatro viaturas do policiamento ostensivo, que não se enquadravam na legislação, as películas foram retiradas.

“Chegamos a encontrar um veículo que apresentava apenas 4,5% de luminosidade. No seu interior era uma escuridão total”, comenta o comandante.

A partir de agora, o motorista que for flagrado com a película acima do permitido receberá uma multa grave de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira de motorista.

Em Santo Ângelo, as empresas que fazem a colocação das películas de transparência nos vidros, não possuem o equipamento eletrônico para aferir o grau de luminosidade.

Diante da grande procura de pessoas para verificar o índice de transparência, o comando do 7º RPMon distribuiu senhas para os motoristas.

Conforme Hasadias, após o feriado de 1º de maio será realizada uma nova vistoria pedagógica de veículos na cidade, priorizando os motoristas que não compareceram ao quartel.