Polícia captura trio suspeito de assaltar Banco do Brasil em São Paulo das Missões

0
105

Criminosos com roupas do Exército foram encontrados em um mato em São Pedro do Butiá

Numa ação conjunta entre Polícia Civil e Brigada Militar, foi possível capturar no começo da tarde de terça-feira (6), o trio suspeito de assaltar, pela manhã, uma agência do Banco do Brasil em São Paulo das Missões. Os bandidos vestiam fardas do Exército e durante o roubo teriam efetuado mais de 200 disparos, conforme testemunhas.

Vidros e portas da agência foram alvejados e ficaram danificados. Na saída do local, os criminosos trocaram tiros com a polícia e fugiram em um Kadett preto roubado. Um funcionário do banco foi levado como refém e abandonado sem ferimentos no interior de Roque Gonzales, na localidade de Dona Otília. Em seguida, um agricultor foi capturado pelos criminosos, mas conseguiu escapar.
Uma mega operação foi organizada e o bando trocou tiros com os policiais durante a fuga. Um PM foi ferido de raspão na cabeça, mas sem gravidade.

Horacilino Batista da Silva, 72 anos, Ivo Johnson Moura da Rosa, 32 anos, e João Carlos de Moura, foram presos em um matagal, no interior de São Pedro do Butiá. Segundo a polícia, eles são moradores de São Nicolau, município que fica a cerca de 60 quilômetros do local do assalto.

Os presos foram encaminhados à delegacia de São Paulo das Missões e, depois, foram levados para o Presídio Estadual de Santa Rosa.

Além do dinheiro roubado do banco, cerca de R$ 107,8 mil, a polícia recuperou cinco armas, entre elas uma espingarda calibre 12 e duas pistolas de 9 mm, de uso restrito do Exército e fabricadas na Argentina.