Polícia Civil instaura inquérito para investigar circunstâncias de acidente que matou sete pessoas na BR-392, em Roque Gonzales

0
94

Segundo a polícia, há suspeitas de que o condutor do Vectra que causou a colisão dirigia embriagado

O acidente entre dois veículos que matou sete pessoas em Roque Gonzales na noite do último domingo (19) motivou a abertura de um inquérito por parte da Polícia Civil da mesma cidade. Segundo a delegada Tanea Regina Bratz, titular da Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) de São Luiz Gonzaga e que responde pela DP de Roque Gonzales, há suspeitas de que o condutor do Vectra, Jardel de Godois Ramires, 27 anos, dirigia alcoolizado.

Ele e sua companheira, Marcia Perassolo Dias, 26 anos, que também morreu no local, voltavam da festa de aniversário do pai de Jardel, na Vila Pindaí, interior de Porto Xavier. “As primeiras informações, passadas pela família de Marcia, indicam que Jardel estava dirigindo alcoolizado. A Marcia telefonou para sua mãe e disse que o motorista havia bebido”, afirmou a delegada ao JM, reiterando que, por não ter havido sobreviventes, não haverá uma eventual responsabilização criminal. Tanea disse que foi solicitada ao IML de São Borja – para onde os corpos foram enviados – a coleta de sangue de Jardel para a posterior realização de exames de teor alcoólico. O material foi encaminhado ao Departamento Médico-Legal de Porto Alegre, que fará os exames, e o resultado da análise deverá sair em 15 dias.

O ACIDENTE
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Ijuí, por volta das 22h40min, o Vectra invadiu a pista contrária e atingiu frontalmente um Gol no km 698,7 da BR-392. Não houve sobreviventes. O Vectra tinha placas de São Luiz Gonzaga, e o Gol, de Porto Xavier. Com o impacto da batida, os carros ficaram destruídos e foram jogados para fora da pista, de acordo com a PRF.

Os ocupantes do Gol, que voltavam de um culto evangélico, eram Edemar Siqueira de Freitas, 55 anos, condutor; sua esposa, Líria Kutti de Freitas, 50 anos; Nilmar Kutti de Freitas, 30, filho do casal; Jaqueline Durão Duarte, 18, companheira de Nilmar; e a criança Kaique Duarte de Freitas, 2, filho de Nilmar e Jaqueline.

Em menos de uma semana, este é o segundo acidente no Estado que deixa um saldo de sete mortos. Na quarta-feira passada (15), o santo-angelense Diego Kother Duarte, 37 anos, e o motorista de caminhão Edson Fontana Alves, também de 37, morador de Entre-Ijuís, foram duas das sete vítimas do acidente que envolveu um caminhão e quatro veículos de passeio na BR-386, no km 307,6, em Pouso Novo.