Polícia Civil investiga possível fratura em bebê durante parto

0
108

Direção do Hospital Santo Ângelo afirmou que vai instaurar sindicância para apurar o caso

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Santo Ângelo instaurou inquérito policial para investigar um possível problema ocorrido no parto de um menino realizado no Hospital Santo Ângelo.

A criança nasceu no dia 20 de dezembro. Na ocorrência registrada pelos pais, no dia 26 de dezembro, foi informado que o bebê teve dez costelas quebradas e o braço direito deslocado durante o nascimento.

A criança está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal do HSA. Em entrevista à Rádio Santo Ângelo, o administrador do hospital, Fernando Branco, disse que foram fraturadas seis costelas e não dez como foram informado pela família. “O menino passa bem e está sendo acompanhado por fisioterapeuta, neurocirurgião e pediatra. Vamos abrir uma sindicância interna para apurar o fato”, esclareceu Branco explicando que o resultado deve sair em até 60 dias e caso tenha havido negligência, os responsáveis serão punidos.

O QUE DIZ A POLÍCIA

Já a titular da DPCA, delegada de polícia, Elaine da Silva, destacou que abrirá inquérito para apurar as circunstâncias pelas quais aconteceram as lesões referidas pela família. “Assim vamos esclarecer se eventualmente houve ou não algum tipo de negligência em relação ao procedimento adotado”, falou.