Polícia confirma 231 mortos em incêndio em boate em Santa Maria

0
94

Bombeiros retiram os últimos corpos do local da tragédia

A Brigada Militar confirmou que 231 pessoas morreram no incêndio na boate Kiss, em Santa Maria. Segundo informações preliminares, cerca de mil pessoas estariam na casa noturna, que fica na Rua dos Andradas, quando ocorreu o sinistro. A Brigada Militar confirmou o número de mortos às 11h da manhã deste domingo durante entrevista coletiva. Foi confirmado também que 48 pessoas estão hospitalizadas em virtude do incêndio. O número foi divulgado pelo major do Batalhão de Operações Especiais (BOE), Cleberson Braida Bastianello.

Os corpos foram retirados do local pelo Corpo de Bombeiros e levados a um ginásio da cidade para identificação. Os nomes, no entanto, só serão confirmados pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) após autorização de familiares. 

O governador Tarso Genro deve chegar em Santa Maria no final da manhã. "Domingo triste! Estamos tomando as medidas cabíveis e possíveis. Estarei em Santa Maria no final da manhã", escreveu no twitter. "É uma tragédia gravíssima que enluta o Rio Grande, enluta o Brasil, enluta a cidade", disse Tarso, que cursou Direito na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), onde também deu início a carreira política. A presidente Dilma Rousseff também irá ao município nesta tarde. A prefeitura decretou luto oficial de 30 dias.

Uma das suspeitas é de que as chamas tenham começado por volta das 3h com um sinalizador disparado no palco. Segundo o Corpo de Bombeiros, o instrumento encostou em uma forração de isopor. Ainda conforme a corporação, os extintores de incêndio não estavam funcionando e havia apenas uma saída para os frequentadores – a porta principal – e houve tumulto na tentativa de fuga.