Polícia Federal apreende material de pornografia em Santo Ângelo

0
103

Pais de crianças e jovens aliciados por perfil falso fizeram a denúncia ao órgão de segurança

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (21) a Operação Proteja Brasil, de combate ao crime de difusão de imagens com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes pela internet. Em Santo Ângelo, a Polícia Federal apreendeu notebooks contendo conteúdo de pornografia infantil.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Federal de Porto Alegre, os agentes chegaram até o local após denúncias de pais de jovens e crianças que estavam sendo aliciados por perfil falso em rede social. O suspeito não estava no local.

A Polícia Federal, há meses, vinha investigando o caso até identificar o IP da pessoa suspeita. O representante da Polícia Federal explicou que agora o material vai para a perícia. A pessoa responsável pelo material, dependendo do conteúdo, poderá ser enquadrada por crime de armazenamento, compartilhamento e até produção de material pornográfico com crianças.

OPERAÇÃO

Ao todo foram cumpridos 40 mandados de busca e apreensão em 14 estados (Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, São Paulo, Santa Catarina e Tocantins). Cerca de 200 policiais federais atuaram em todo o Brasil.

Durante a operação, três pessoas já foram presas em flagrante nos estados de Goiás, Rio Grande do Sul e Paraná.

A deflagração, coordenada pela Unidade de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil pela Internet – URCOP, é parte de um plexo de ações de prevenção e repressão da Polícia Federal, com o objetivo de conter os crimes de abuso e violência sexual infantojuvenil no Brasil, principalmente, no período da Copa do Mundo.