Polícia investiga caso de abandono de bebê junto a uma árvore na Rua David Canabarro

0
92

Delegada Elaine diz que foi instaurado inquérito e feitas diligências para identificar a mãe

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) instaurou inquérito e está realizando diligência para identificar a maternidade do recém-nascido abandonado junto a uma árvore na Rua David Canabarro, próximo à esquina com a Avenida Venâncio Aires. A informação foi repassada pela delegada Elaine Maria da Silva, que comanda as investigações desse caso.

A delegada explica que o bebê foi encontrado por militares do Exército que fazia a ronda no local, por volta das 5h40min. Logo em seguida foi acionado o Conselho Tutelar de Santo Ângelo. O bebê do sexo masculino estava dentro de uma bolsa rosa, agasalhado, alimentado, aparentemente bem tranquilo. Ela salienta que junto com o bebê foi encontrado um travesseiro, um tip top verde e branco, um conjunto de camisa e calça brancos, um cobertor azul, fraldas descartáveis, cueiros e uma chupeta.

A delegada diz que a mãe deverá responder processo por abandono de incapaz e os pais deverão perder a guarda. Também pede que quem tiver uma informação que possa ajudar nas investigações poderá ligar para os telefones 3313-2340 ou o 197.

ENCONTRO DE BEBÊ
O Sargento Edson, da Brigada Militar, recebeu o bebê às 6 horas da madrugada. Em entrevista à Rádio Santo Ângelo o militar disse que, como profissional da segurança pública e pai, não teve como não se emocionar com a cena que viu. “Graças a Deus a pessoa que largou o recém-nascido teve a hombridade de protegê-lo dentro de uma sacola de carregar mantimentos infantil. Quando chegamos no local, os militares estavam com ela num lugar protegido e o bebê estava dormindo. O pequeno somente acordou quando chegou no Hospital Santo Ângelo para exames”, contou.

O conselheiro tutelar Fábio Ávila da Silva, que acompanhou o menino com a Brigada Militar até a maternidade, destacou que o recém-nascido estava dormindo, vestido num tip top, enrolado numa manta e um cobertor, dentro de uma bolsa, com o rosto à mostra, na calçada. 

CHEGADA AO HOSPITAL

A médica pediatra Maria Antônio Pizzaro atendeu o recém-nascido no Hospital Santo Ângelo. Ele chegou por volta das 7h10min.

A médica conta que o bebê chegou enrolado num cobertor e estava calmo. O menino fez vários exames. “O menino é um recém-nascido com peso adequado para idade gestacional e possui boas condições de vitalidade. A criança está no berçário recebendo alimentação e todos os cuidados necessários dentro dos procedimentos de rotina”, explica. A pediatra chama o menor encontrado pela polícia de Mateus, um nome simbólico do Evangelho.