Polícia quer identificar donos de 28 celulares apreendidos em operações

0
96

Aparelhos foram furtados das vítimas e trocados por drogas em pontos de tráfico

A Polícia Civil está a procura dos proprietários de 28 celulares apreendidos em duas grandes operações policiais, realizadas em maio e junho deste ano.

Os aparelhos estavam em posse dos presos nas operações Pacificação, realizada no bairro Harmonia, e Escapista, em Três de Maio.

Segundo o chefe do Setor de Investigações da Delegacia de Polícia de Santo Ângelo, escrivão Carlos Genez de Medeiros Teixeira, os celulares estão a disposição das vítimas para reconhecimento e devolução, na sede da DP, localizada na rua Padre Manoel da Nobrega, 355, bairro Centro Norte.

A Operação Escapista investigava furtos e arrombamentos a agências bancárias da região. Sete pessoas foram presas. A quadrilha seria de Joinville (SC) e um dos membros era integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), de São Paulo, e estava foragido da polícia catarinense.

Já a Operação Pacificação, prendeu onze pessoas e pôs fim ao um confronto entre dois grupos rivais que durante várias semanas disputavam pontos de tráfico de drogas no bairro Harmonia.