Preso morre no Hospital Santo Ângelo após tentativa de suicídio

0
119

Claudinei de Almeida Corrêa, 41 anos, cumpria pena por dois homicídios

O presidiário Claudinei de Almeida Corrêa, vulgo Meningite, 41 anos, morreu às 20h30min de segunda-feira (2), no Hospital Santo Ângelo. Ele havia tentado suicídio na terça-feira (27), no Presídio Regional de Santo Ângelo.

Segundo a diretora adjunta da casa prisional, Eliane Koch, Corrêa tentou se matar usando uma linha para fazer rede de pesca. “Ele amarrou a linha na grade da janela e colocou-a no pescoço. Isso aconteceu enquanto os outros presos que dividiam a cela com o Claudinei, estavam no pátio, tomando sol. Ele havia ficado sozinho na cela”, explicou.

Um agente penitenciário foi quem encontrou o preso pendurado pela corda. Corrêa chegou a ficar internado, em estado grave, na UTI até a manhã de sábado; depois, seu quadro havia melhorado e foi para um quarto normal. Na segunda-feira, voltou a piorar e morreu.
Corrêa usava medicamentos para depressão. Ele cumpria pena por dois homicídios. Dos 26 anos de condenação, já havia cumprido 15.