Professora é encontrada morta com marcas de esganadura e ferimento de faca

0
115

Cristiane Marks, de 26 anos, morava sozinha em um apartamento na Cohab

Uma professora foi encontrada morta em seu apartamento por volta das 20h30min desta quarta-feira (21), no Bairro Cohab. Segundo a Polícia Civil, Cristiane Marks, de 26 anos, estava caída no corredor, entre a sala e a cozinha que dá acesso aos quartos e ao banheiro. Cristiane apresentava ferimentos no pescoço, do tipo esganadura, e uma perfuração no lado esquerdo do tórax, acima do coração, provocado possivelmente por golpe de faca.

MORTE DURANTE O ALMOÇO

A polícia constatou, na cena do crime, que o homicídio deve ter ocorrido durante ou depois do almoço desta quarta-feira, pois na mesa havia dois pratos servidos com almoço, talheres, dois copos e uma caixa de bombons. Em um dos pratos havia sinais de que parte do alimento já havia sido consumido, e no outro o alimento estava todo no prato. Os materiais foram recolhidos para serem periciados.

Também foram apreendidos o celular e o notebook da vítima, para que sejam analisados dados como ligações, mensagens, e-mails, recados nas redes sociais ou outras formas de contato.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML para necropsia.

VÍTIMA ERA PROFESSORA DO CASE

Cristiane Marks era professora de história, e exercia seu trabalho na escola do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), lecionando para os adolescentes internos. Segundo familiares e vizinhos, a vítima estaria tendo problemas sérios com o ex-namorado, de 21 anos, que é ex-interno do Case.

O casal manteve um relacionamento por cerca de um ano, e que havia terminado há aproximadamente um mês. Segundo informações extraoficiais, o jovem não estava aceitando o término do relacionamento, e já teria ameaçado Cristiane de morte.

JOGOS SOL A SOL CANCELADOS

Em função do crime, os Jogos Rurais Sol a Sol, que seriam realizados neste domingo (25) na comunidade de Restinga Seca, onde residem os pais de Cristiane, foram cancelados.