Quatro ijuienses morrem em acidente na Argentina

0
122

Um trágico acidente que aconteceu às 12h30 de sábado na Ruta 12, a cerca de 1 km do trevo da cidade de Puerto Piray, na Argentina, tirou a vida de quatro moradores de Ijuí. Chocaram-se frontalmente um Astra Prata, de Ijuí, com uma camionete Ford Ranger. Em virtude do violento impacto vieram a falecer os quatro ocupantes do veículo brasileiro: Ivoni Ani Deckert Buss, 51 anos; Eli Eliane Deckert, 49 anos; Valdemar Deckert, 62 anos; e Hildegard Elena Dürks, 83 anos.

Os corpos dos quatro ijuienses estão recolhidos ao necrotério da cidade de Eldorado. Uma das vítimas é a presidente do Sindicato dos Municipários de Ijuí, Ivoni Ani Deckert Buss, que foi eleita recentemente para presidir a entidade. Outras duas vítimas, Eli Eliane Deckert e Valdemar Deckert, são irmãos de Ivoni. E a quarta vítima, Hildegard Elena Dürks, é a mãe do Dr. Egon Dürks
A família estava se dirigindo para Foz do Iguaçu. Já a condutora da Ford Ranger, Albina Pohl, 52 anos, sofreu ferimentos e está internada no hospital de Eldorado.

O ACIDENTE

Segundo informações do Portal Noticiasdel6, os irmãos Deckert e Hildegard viajavam no Astra placas IPM -2965, de Ijuí, pela Ruta 12 – rodovia que é contígua ao rio Paraná e que vai até a cidade de Foz do Iguaçu.

Ao chegar a cerca de 1 km do trevo de acesso a cidade de Puerto Piray, por causas desconhecidas, o Astra foi atingido em uma colisão frontal com a Ford Ranger dirigida por Albina Pohl, de 52 anos, que vinha em sentido contrário.

Segundo o Portal, o impacto do choque frontal foi tão violento que vitimou na hora três dos quatro brasileiros que ficaram presos nos ferragens do veículo. Uma quarta pessoa, cujo nome não é especificado, foi conduzida ao hospital de Eldorado, mas veio a falecer poucos minutos depois em razão das graves lesões.

Também foi conduzida ao hospital de Eldorado a condutora da camionete Albina Pohl que também resultou com ferimentos, não especificando se foram graves.

Os bombeiros imediatamente atenderam ao acidente e trabalharam durante várias horas para retirar as vítimas das ferragens do Astra, que posteriormente foram levadas ao necrotério de Eldorado.
Ainda segundo o Portal, a Polícia de Misiones entrou em contato com a Brigada Militar de Ijuí, quando informaram sobre o ocorrido e pediram para notificar os familiares sobre as providências do translado dos corpos.