Sete pessoas são presas por contrabando de cigarros e defensivos agrícolas nas Missões

0
155

Polícia Federal investigava grupos criminosos havia quatro meses

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (13), em Santo Ângelo, o sétimo homem acusado de contrabando de cigarros, defensivos agrícolas e munições. O idoso, de 81 anos, cujo nome não foi revelado, foi detido após policiais encontrarem escondidos em sua residência 212 produtos agrotóxicos de origem Argentina. Depois de pagar fiança no valor de R$ 5 mil, ele foi liberado.

A ação fez parte da Operação Rincão, que nos últimos quatro meses já prendou outros seis envolvidos, além de apreender oito veículos e cerca de seis mil pacotes de cigarros estrangeiros em poder dos suspeitos.

Os primeiros investigados foram identificados atuando na localidade de Rincão Vermelho, proximidades de Porto Xavier, e os demais, nos municípios de Santiago, São Luiz Gonzaga, Roque Gonzales e Santo Ângelo.

Segundo o delegado responsável pela operação, João Eduardo Noethen, os presos faziam parte de três grupos criminosos que introduziam os produtos contrabandeados, de forma irregular, através de portos clandestinos existentes em propriedades rurais localizadas às margens do Rio Uruguai, fronteira do Brasil com a Argentina.

A operação mobilizou 35 policiais federais, 23 policiais militares e 16 servidores da Receita Federal. Foram cumpridos 16 mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de Santo Ângelo.